Violência contra mulheres e crianças preocupa MS-ID


As Mulheres Socialistas promoveram um encontro com as Organizações Não-Governamentais (ONG) para fazer um ponto de situação relativamente à problemática da violência doméstica e da violência contra as crianças em Portugal.

Na sequência das notícias sobre a multiplicação de casos de violência doméstica envolvendo também crianças, as MS-ID promoveram uma reunião com as ONG vocacionadas para o combate à violência doméstica, tendo como ponto principal da agenda de trabalhos a apresentação de propostas de combate a todas as formas de violência no contexto da violência doméstica. A situação das crianças expostas a fenómenos de violência doméstica foi igualmente abordada e debatida.

A reunião contou com a presença da Associação de Mulheres Contra a Violência (AMCV), da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), da Associação Portuguesa de Mulheres Juristas (APMJ), da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres (PpDM), da Associação Presença Feminina (FEM), da Associação para a Cooperação sobre População e Desenvolvimento (P&D Factor), da Associação ILGA Portugal – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo, da Dignidade – Associação para os Direitos das Mulheres e Crianças e da Muxima-Associação Cultural Luso Afro Brasileira. Ao longo do encontro foram apresentadas propostas, reflexões e contributos para ações futuras no domínio da prevenção e combate à violência doméstica e da promoção do direito à igualdade. A reunião decorreu na Sede Nacional do Partido Socialista, a 18 de outubro.

Veja aqui as fotografias:

X